Blog

  • Notícias / 05/02/2021

    A TECNOLOGIA NO APOIO AO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÃO


    Uma série de estudos clínicos foram realizados para comprovar a segurança e eficácia das vacinas para o combate ao COVID 19. Na última etapa da pesquisa, os testes clínicos avaliaram os efeitos farmacológicos e adversos das vacinas, e após a conclusão da Fase 3, receberam a aprovação dos órgãos competentes para serem comercializados e administrados na população.


    Nos estudos clínicos realizados para o combate de outras doenças com novos medicamentos, a Fase 4 é um passo importante, pois é neste momento que se aprofundam os conhecimentos sobre a utilização de determinada droga para o tratamento dos pacientes que participam da pesquisa em conjuntos com médicos investigadores e centros de pesquisa. A detecção de possíveis reações adversas ainda não identificadas nas fases anteriores, a avaliação de qual a melhor dose para a resposta esperada, interações medicamentosas, avaliação e acompanhamento de pacientes polimedicados podem ser fatores determinantes para o estudo.


    É nesta fase que um número maior de pacientes deve ser acompanhado por um longo período, permitindo que os cientistas avaliem os riscos e benefícios do medicamento a longo prazo.


    Diferenças de sexo, idade e presença de doenças pré-existentes podem interferir no efeito final do medicamento estudado. Um jovem e um idoso podem receber a mesma dose do medicamento? 


    Doenças como diabetes e hipertensão influenciam no efeito do medicamento? Mulheres grávidas podem utilizar o medicamento sem riscos? Essas são algumas das perguntas que podem ser respondidas ao final dos testes clínicos.


    As autoridades governamentais, órgãos reguladores, laboratórios farmacêuticos e saúde privada devem considerar e aproveitar as tecnologias que surgiram durante a pandemia, que de forma remota e em conformidade com os protocolos internacionais de segurança e tratamento de dados, conseguem mapear os diversos fatores que podem interferir no Pesquisa Clínica, não somente para o COVID 19, mas também no combate a outras doenças.


    Especificamente neste momento crítico da pandemia, soluções que sustentam e monitoram a distância o aspecto científico do estudo, mas também a logística e aproveitamento adequado de cada lote precioso das vacinas aprovadas devem receber o apoio e incentivo da comunidade científica e lideranças da saúde. 


    #webmedtrials Brasil/Israel Todos juntos a favor do maior agente integrador da saúde brasileira: o paciente! 




Todos os direitos, registro de marcas e patentes reservados a WebBula – Produtos e Serviços em Tecnologia da Informação Ltda.
CNPJ: 26.027.711/0001-43. Rua Alagoas, 606, 2º andar, Centro, Londrina-PR. CEP: 86010-520
Telefone: Fixo:(43) 3323-1455 Celular: (43) 991013490 (Whatsapp)

Política de Privacidade

Agência LevelX - Marketing Digital, Inbound Marketing, Desenvolvimento de Websites e Aplicativos para Iphones, Ipads e Androids