Blog

  • Novidades / 12/06/2020

    LIVES DO GOOGLE ACADEMY AJUDAM VAREJISTAS A REINVENTAR NEGÓCIOS EM MEIO A PANDEMIA



    Plataforma lançada no fim de abril, o Google Academy reúne uma série de lives gratuitas com o objetivo de ajudar varejistas a se reinventar nesse momento de crise. Um desses eventos abordou O novo contexto do varejo e a nova jornada de compra e foi conduzido por Rodrigo Chamorro, líder de Insights para o Varejo do Google. “As rápidas mudanças nos modelos de compra diante do isolamento social exigem repensar o papel da loja física e reduzir o abismo entre consumidores e canais digitais”, adverte.

    O especialista elencou algumas estratégias fundamentais que o varejo deve implementar para se reinventar em meio à crise.

    -Melhorias em seus aplicativos de compras

    -Força de vendas direcionada 100% para o digital

    -Novas soluções de logística last-mile, para evitar a morosidade que ainda marca o processo logístico de entrega do pedido virtual

    -Ativação automatizada da base de clientes

    -Expansão das categorias

    -Rompimento dos silos organizacionais que comprometem a comunicação entre os setores da empresa

    -Marketplace para pequenos varejos

    -Incentivo a meios de pagamento contactless

    -Dificuldades para compra online

    Mas enquanto o varejo se reinventa, o consumidor torna-se ainda mais exigente. Pesquisa do Google Surveys com mil brasileiros conectados, que efetuaram compras entre os dias 30 de abril e 3 de maio, apontou as seguintes barreiras para uma jornada de compra realmente satisfatória.


    -Tempo de entrega das compras muito longo – 39%

    -Não confio em comprar alguns tipos de produtos pela internet – 25%

    -Não tenho cartão de crédito para comprar online – 16%

    -Onde eu moro não fazem entregas – 10%

    -As entregas vêm incompletas (faltam itens no meu pedido) – 9%

    -Melhorar experiência da compra

    O levantamento também revelou quais ações os varejistas poderiam adotar para melhorar essa experiência.

    -Diminuir o prazo de entrega – 45%

    -Avisar quais produtos estão disponíveis na hora da compra – 29%

    -Aceitar outras formas de pagamento para compra online – 23%

    -Melhorar o site/app para ficar mais fácil de comprar – 23%

    -Poder retirar na loja – 20%

    -Prazos de pagamento mais longos – 16%

    -Novos hábitos de compra 

    Em relação aos canais de compra que o consumidor vai continuar utilizando na pós-Covid-19.

    -Site da loja – 37%

    -Lojas físicas – 34%

    -Aplicativos da loja – 32%

    -Aplicativos de entrega – 27%

    -Telefone/WhatsApp – 25%

    -Revendedores/ catálogo – 11%

    E sobre os hábitos de compra adotados durante a quarentena, que o consumidor pretende manter depois que a pandemia acabar.

    -Pesquisar mais antes de comprar – 29%

    -Comprar mais online – 27%

    -Reduzir minhas idas à loja física – 27%

    -Compras de lojistas pequenos para ajudar a economia local – 23%

    -Concentrar as minhas compras em poucos lojistas – 10%

    -O conteúdo completo sobre a pesquisa pode ser acessado aqui.


    Fonte: Redação Panorama Farmacêutico




Todos os direitos, registro de marcas e patentes reservados a WebBula – Produtos e Serviços em Tecnologia da Informação Ltda.
CNPJ: 26.027.711/0001-43. Rua Alagoas, 606, 2º andar, Centro, Londrina-PR. CEP: 86010-520
Telefone: Fixo:(43) 3323-1455 Celular: (43) 991013490 (Whatsapp)

Política de Privacidade

Agência LevelX - Marketing Digital, Inbound Marketing, Desenvolvimento de Websites e Aplicativos para Iphones, Ipads e Androids